A INCLUSÃO NA ACADEMIA DE MÚSICA SANTA CECÍLIA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA COM EDUCAÇÃO MUSICAL Inclusion in the Music Academy of Santa Cecília: Report of an experience with musical education

Conteúdo Principal do Artigo

Vladimir A. P. Silva
Geysy Carolline Pereira Sousa
Gustavo Júnior da Silva

Palavras Chave

Educação Musical, Inclusion, Learning disorders

Resumo

A Academia de Música Santa Cecília (AMSC) é um projeto de cooperação técnica firmado entre a Diocese de Campina Grande, a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB) e a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), e tem como objetivo atuar no campo educativo e artístico, atendendo alunos entre 8 e 17 anos. A ação tem caráter inclusivo e visa, além dos aspetos técnicos, promover a integração entre crianças e adolescentes oriundos de diferentes contextos econômicos, sociais e culturais e portadores de necessidades especiais ou de distúrbios da aprendizagem. Neste relato de experiência, abordaremos a primeira etapa do projeto, que ocorreu entre outubro e dezembro de 2016. A meta é descrever as atividades realizadas e refletir sobre o processo de inclusão e interação entre crianças e adolescentes com diferentes trajetórias e, mais particularmente, de que modo as atividades propostas contribuíram para o desenvolvimento de uma criança diagnosticada com Leucomalácia Periventricular (LPV).

Resumo 91 | PDF Downloads 91
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.